Osteopatia

O que é a Osteopatia?

Podemos comparar o funcionamento de nosso aparelho locomotor com uma máquina dotada de engrenagens. No caso do corpo humano, as engrenagens seriam as articulações. Por alguns motivos (como má postura, traumas, exercícios mal feitos) algumas dessas engrenagens podem se viciar em posições inadequadas diminuindo sua capacidade de trabalho (ou movimento). Como numa máquina, se uma engrenagem (articulação) não funciona no melhor de sua capacidade, outra terá que ser sobrecarregada para suprir seu mal funcionamento (isto se chama compensação). Com o passar do tempo, essa sobrecarga pode acabar gerando processos inflamatórios (tendinites, bursites), processos degenerativos como artrose e osteófitos (bicos de papagaio), além de hérnias de disco.

A função da Osteopatia é localizar as áreas do corpo humano onde as engrenagens (articulações) estão mal posicionadas, e ajustá-las para que elas voltem a funcionar normalmente. Dessa forma, evitamos as compensações e consequentes dores e inflamações. Para atingir o seu objetivo o osteopata se baseia no funcionamento do corpo humano. O tratamento aborda um detalhado exame clínico, um aprofundado diagnóstico e um tratamento direcionado sobre as estruturas em “disfunção” (podendo ser articulações, músculos, ligamentos e fáscias). Vale lembrar que num tratamento osteopático, não é utilizado nenhum tipo de medicamento. Para maiores informações de como funciona o nosso tratamento, acesse o link entenda o diferencial do nosso tratamento.

Quais as indicações do Tratamento Osteopático?

  • hérnias de disco e dores na coluna
  • alterações posturais (escolioses, hiperlordose)
  • dores de cabeça e enxaquecas
  • Dor ciática
  • torcicolos e dorsalgias
  • tendinites, bursites
  • zumbidos
  • LER e Dorts